Passeio no Parque das Águas – São Lourenço (MG)

Nesta última semana viajamos para São Lourenço, em Minas Gerais, e aproveitamos para fazer uma visita ao Parque das Águas, uma das atrações turísticas da cidade. Vou lá desde muito pequenininha e minha família já visita São Lourenço há muitos anos. É disparada a minha cidade preferida e eu sempre fico muito feliz toda vez que retorno. Dessa vez foi bacana porque eu pude apresentar para o Mario tudo o que há de bom na cidade, pois ele ainda não conhecia. Fiz a guia turística! haha 😉

Sobre o Parque das Águas

O Parque das Águas, que hoje é propriedade da Nestlé, tem toda uma história por trás que começou lá em 1675, quando um bandeirante derrotou os índios Cataguases e fundou na região um pequeno acampamento, chamado de Pouso do Lourenço. As propriedades terapêuticas das águas minerais que brotavam no local só foram descobertas no século XIX, quando passaram a ser chamadas de Águas Santas do Viana. Mas foi só em 1891 que a cidade recebeu o atual nome de São Lourenço, uma homenagem ao coronel Lourenço Xavier da Veiga, pai do comendador Veiga, que foi um dos pioneiros da cidade.

Este ano a entrada estava custando R$7,00 (estudantes pagam meia e também há descontos para grupos). O bacana é que a entrada funciona como um passaporte: você pode entrar e sair a hora que quiser durante aquele dia. Vale lembrar que o horário de funcionamento do parque todos os dias é de 8h às 17h20.

O parque conta com algumas lojinhas no seu interior, entre elas o Apiário Esperança onde você encontra produtos de todos os tipos feitos a base de mel. Quer uma dica? Sempre compramos o pote de mel silvestre, tirinhas de mel com própolis e o spray de mel com própolis para a garganta. Você também irá encontrar em outros pontos doces e chocolates, artesanato, lanchonete, artigos para presente e um restaurante.

O Parque das Águas conta com 9 fontes de águas minerais, entre elas a famosa Fonte Oriente (que falaremos em outro post mais detalhado!). Uma das primeiras fontes que passamos no parque é a Fonte Vichy, que tem uma característica muito curiosa. Essa água só é encontrada em dois lugares no mundo: na fonte Vichy, em São Lourenço, e na cidade de Vichy, na França. Ela é ideal para tratar problemas gástricos, renais e de vesícula biliar.

Uma das coisas mais bacanas de se ver no parque até hoje é essa árvore Pau-Brasil, que fica perto da fonte Oriente e foi plantada pelo Presidente Getúlio Vargas, em 1931, em uma de suas passagens pela cidade (dizem que ele adorava e não tem como não gostar, né?).

No mesmo local, há um dos 3 Pilares de São Lourenço em granito que fazem o processo de desobstrução e energização, conhecido como litopuntura. Esta, próxima da fonte Oriente, é responsável por captar a energia do interior da terra e direcioná-la para o cosmo. A cidade tem toda uma história mística por trás que fascina muitos visitantes e é uma das coisas que me faz gostar ainda mais desse lugar.

Bem pertinho dali, também fica a gruta de Nossa Senhora dos Remédios, um local de silêncio e oração, onde os devotos deixam seus agradecimentos pelas graças recebidas. Todo o dia 6 de cada mês acontece a Bênção das Águas, uma cerimônia onde o pároco dá uma bênção especial e em seguida realiza uma missa na Igreja Bom Jesus do Monte – a primeira igreja da cidade.

É difícil ter um lugar no parque que não agrade pois durante todo o passeio você se depara com lindos jardins e fontes muito bem preservadas. O lugar é muito silencioso, ótimo para relaxar e sair da rotina. Em todo o parque você encontra pessoas caminhando, se exercitando e lendo livros nos bancos.

E por falar em livros, existe um cantinho no parque onde ficam duas prateleiras repletas de livros para quem quer relaxar e fazer uma boa leitura no parque.

Quem quiser pode participar do projeto comunitário doando títulos para o acervo, que são sempre bem-vindos. Lá você encontra livros de todos os tipos e para todos os gostos.


Ao lado do acervo comunitário fica a fonte Andrade Figueira, de água magnesiana. Ela é ótima para o tratamento de distúrbios hepáticos, vesícula biliar e alterações do intestino grosso. Há apenas contraindicação para casos de úlcera péptica.

Nesse laguinho, que fica próximo da fonte magnesiana, ficam os pequenos barquinhos de controle remoto que são muito procurados pelas crianças e pelos pais que querem brincar com os filhos. Lá também tem uma brincadeira chamada de pescaria colorida que as crianças adoram. Lembro que custava cerca de R$10.

Entre as atrações disponíveis no parque também tem o Salto do Tarzan, arvorismo, tirolesa e o circuito de aventuras. Não fomos em nenhuma nessa visita por conta do pouco tempo que tínhamos, mas fica a dica para quem quiser se aventurar por lá! 😉

A casa que aparece na foto é onde fica o Centro Hidroterápico. Ele foi inaugurado em 1935 e conta com diversos serviços que ficam disponíveis ao público como banhos de banheira e ofurô com água sulfurosa, massagens relaxantes e terapêuticas, sauna seca e a vapor, ducha escocesa, reflexologia, shiatsu, pedras quentes, massagem ayurvédica, bamboo e drenagem linfática. Também é possível realizar procedimentos estéticos como limpeza facial, rejuvenescimento, isoflavona e máscara com pó de pérola. Para quem quer realizar um dos tratamentos, que são pagos à parte, vale a pena dar uma ligadinha antes para se informar pois alguns dos tratamentos precisam ser agendados. Uma pena que no dia que fomos, segunda-feira, o balneário estava fechado. Quem sabe na próxima a gente não volta lá pra fazer um dos tratamentos e contar pra vocês, hein? 😉

Que outro lugar você encontraria dezenas de gansos fofos que vem falar com os visitantes e acompanham os pedalinhos no lago?

Parque-das-aguas-ilha-dos-amores-sao-lourenco-mg (2)

No lago principal, existe uma pequena ilha que é acessível apenas por barco a remo, caiaque ou pedalinho, a chamada Ilha dos Amores. Pegamos um pedalinho – que estava custando R$14 para duas pessoas por 30 minutos – e fomos até lá.

Parque-das-aguas-ilha-dos-amores-sao-lourenco-mg (3)

Na Ilha dos Amores não poderia faltar um cupido, né? <3

Parque-das-aguas-ilha-dos-amores-sao-lourenco-mg (4)

Lembro que há alguns anos haviam mais animais na ilha, como as capivaras e a galinha da Angola. Hoje só restaram dois pavões, mas que são igualmente lindos.

Parque-das-aguas-ilha-dos-amores-sao-lourenco-mg (5)

No meio da ilha há uma pedra de quartzo branco enorme, que fica sob a sombra de algumas árvores. Eu adoro passar por lá e acho uma das coisas mais fascinantes do parque!

Parque-das-aguas-ilha-dos-amores-sao-lourenco-mg (6)

Durante o trajeto ao redor do largo e na ilha dos amores é possível ver várias garças sobre as árvores. Pra quem não sabe, elas são uma atração à parte no parque, já que todos os dias no pôr do sol é possível avistar uma verdadeira revoada de garças retornando ao parque. É lindo demais! <3

Nessa nossa visita à São Lourenço só faltaram o passeio de Maria Fumaça e o passeio de balão que a gente ficou morrendo de vontade de fazer, mas não tivemos tempo. Em breve iremos liberar um vlog sobre a nossa visita ao Parque das Águas e também um post falando exclusivamente sobre a Fonte Oriente. Não deixem de nos acompanhar! 😉

 

Resenha: Gel de Limpeza Profunda – Vichy Normaderm

Oi, meninas! Hoje vou mostrar pra vocês mais um produtinho de uma das minhas marcas preferidas para cuidados com a pele do rosto, a Vichy. Para quem ainda não conhece, a Vichy tem uma linha chamada Normaderm que é voltada para quem tem pele oleosa e com tendência à acne, como a minha. Já contei pra vocês sobre o Normaderm 3 em 1 e sobre o Tônico Adstringente em outras postagens e hoje vou falar sobre o Gel de Limpeza Profunda da mesma linha. 🙂

Gel de limpeza profunda - Vichy Normaderm (1)

Gel de Limpeza Profunda Vichy Normaderm

O Gel de Limpeza Profunda conta com ácido glicólico, ácido salicílico, microesferas de polietileno (que vale lembrar que serão banidas a partir de 2017 nos EUA, leia aqui), LHA, Epirulina, Totarol e água termal de Vichy em sua composição. O produto promete limpar profundamente a pele, desincrustar os poros e, como consequência, diminuir imperfeições como acne, poros obstruídos e brilho excessivo. O gel não contém sabão, parabenos e nem álcool em sua composição.

Sua consistência é de um gel bem ralinho, quase líquido. Por esse motivo, você até usa bem pouco na aplicação, mas achei que o rendimento do produto não foi tão bom assim. O cheirinho é herbal e não é enjoativo. A embalagem de 60g, em bisnaguinha, é ótima para quem quer levar na nécessaire – coisa que o sabonete em barra não permite.

Gel de limpeza profunda - Vichy Normaderm (2)


Como usar o Gel de Limpeza e resultado na pele

O gel deve ser utilizado para a limpeza do rosto no máximo duas vezes ao dia – pela manhã e à noite, sempre evitando a área dos olhos. É sempre bom reforçar a massagem na hora da limpeza na zona T, que engloba a testa, o nariz e o queixo – as regiões que costumam produzir mais oleosidade no rosto. O produto faz uma espuminha suave e cremosa – que é bem fácil de espalhar – e as microesferas dão a sensação de uma leve esfoliação na pele.

O resultado é visível já na primeira aplicação: a pele fica bem sequinha e macia, uma delícia. As espinhas secam logo nas primeiras aplicações e a ação prolongada do produto trata de dificultar o aparecimento de outras. E o melhor: a pele não fica repuxando, como acontece com outros produtos específicos para pele oleosa. Fica uma sensação de pele limpa e macia.

Gel de limpeza profunda - Vichy Normaderm (3)

Onde encontrar o Gel de Limpeza Profunda

O Gel de Limpeza Profunda da Vichy pode ser encontrado nas versões de 60g (igual o da foto, de bisnaguinha), na versão 210g (com material mais firme e válvula pump) e também na versão em barra – considerada a mais duradoura – nas principais farmácias e perfumarias de todo o Brasil. A versão menor do gel e o sabonete em barra custam em torno de R$23,30, enquanto a versão maior do gel custa em torno de R$ 44,90.

Contagem regressiva: Faltam 100 dias para o casamento

Mario e Daiene - Faltam 100 dias para o nosso casamento

Confesso pra vocês que no exato momento em que eu olhei a contagem regressiva aqui no blog, escrito “Faltam 100 dias para o casamento!“, foi quando me bateu o choque da realidade. Como assim, gente? Faltavam 365 dias há pouco tempo e agora faltam só isso? Pois é, o tempo voa tanto nessa vida de noiva que a gente só se dá conta quando o negócio realmente começa a ficar sério…

O frio na barriga fica mais forte do que nunca, as tarefas pipocam na nossa mente a todo segundo. Nem parece que já faz três anos desde que eu comecei a pensar em tudo isso. O fato é que nós só começamos a fazer as coisas de verdade quando faltavam uns 7, 8 meses para o casamento e agora estamos à todo vapor para executar tudo o que precisamos a tempo. E não são poucas coisas não, viu? Nós resolvemos abraçar de corpo e alma os preparativos e podemos dizer que levamos ao pé da letra o termo Do it Yourself – “faça você mesmo”.

Nesse momento, só tenho a agradecer pelas coisas boas que tem acontecido ultimamente e também dizer: não, vida de noiva não é fácil. É preciso ter tempo e disposição para planejar tudo, organizar tarefas, contratar fornecedores, colocar as ideias em prática, executá-las, pagá-las e por aí vai. Fora a sensação de estar se separando dos pais, de ter que começar uma nova vida, de achar que não vai dar conta das tarefas do dia-a-dia… tudo o que se passa – e não deveria! – na cabeça de uma noivinha.


Na verdade, tudo isso não passa de uma mera bobeira diante da verdadeira essência do casamento. Afinal, não tem nada melhor nesse mundo do que dividir os seu dias com alguém que você escolheu, do que acordar com um sorriso e um café da manhã na cama, do que sair e não ter que ir cada um para a sua casa no final do dia, do que rir das besteiras e dos nossos erros nos primeiros dias… Afinal mesmo, não tem nada melhor nesse mundo do que amar e ser amado, não é verdade?

Quando pensamos nisso, todos os problemas e obstáculos que encontramos pelo caminho se tornam pequenininhos e a única coisa que nos importa agora é desejar que o nosso grande dia seja um dos melhores de nossas vidas! #marioedaiene

 

EUA proíbem uso de micropartículas plásticas em cosméticos

EUA proíbem uso de micropartículas plásticas em cosméticos

Você sabia que as micropartículas plásticas presentes nos cosméticos e nos produtos de higiene pessoal contribuem para a contaminação e intoxicação de pelo menos 90% das aves marinhas? Pois é. É difícil pensar que aquelas minúsculas bolinhas – que ajudam a esfoliar a pele e a deixá-la mais bonita – podem ser uma das responsáveis pela mortalidade de peixes e aves nos oceanos.

Preocupados com a preservação do meio ambiente, os Estados Unidos anunciaram recentemente a proibição do uso de micropartículas de plástico em cosméticos e produtos de higiene pessoal, com o objetivo de reduzir a contaminação dos recursos hídricos e preservar a vida dos animais no oceano e também – porque não? – dos seres humanos. Vale lembrar que alguns estados do país já mantinham regras quanto ao uso dessas partículas como o Illinois, onde o uso é proibido, e o estado da Califórnia, onde as indústrias pagam altas taxas caso usem esse tipo de substância em seus produtos.

A lei só entrará em vigor em 1º de julho de 2017 e, até essa data, as fabricantes terão que rever suas fórmulas e buscar alternativas para se adequarem à nova regra. Vejam um vídeo postado pelo The Huffington Post para entender melhor o assunto:


Microbead Ban Signed By President Obama

President Obama is finally banning microbeads, those tiny particles in your face wash.(Correction: Colgate Max Fresh should not have been included in this video, as the product does not contain microbeads. Colgate phased out microbeads in 2014.)

Posted by HuffPost on Thursday, December 31, 2015

Aposte em cosméticos naturais

Não se sabe ainda qual será o impacto dessa medida no Brasil – já que a regra se restringe aos produtos fabricados nos Estados Unidos – mas você já pode fazer a sua parte buscando alternativas para diminuir o consumo de produtos que contenham esse tipo de partícula. Você pode apostar em marcas que utilizam ingredientes naturais como a Lush, que eu mostrei nesse post aqui, ou também em esfoliantes caseiros feitos com ingredientes baratinhos e fáceis de encontrar como o sal, açúcar e a farinha.