Minha transformação na Revista Glamour de Julho

Para tudo! Sabe quem saiu na Revista Glamour desse mês? Euzinha aqui! Obaaaa! 😀

editorial-dreads-revista-glamour-daiene-calmon-2

A edição de julho (nº 52) trouxe a Anitta na capa em duas versões, de pijama e moletom. Bem diferente, não?

editorial-dreads-revista-glamour-daiene-calmon

E a minha participação foi no editorial de beleza “Mood de Mudar“, que começa na página 71, onde sete leitoras da revista passaram por transformações capilares radicais pra seguir as tendências da vez e obedecer à maior delas: ser quem elas quiserem.

editorial-dreads-revista-glamour-daiene-calmon-5


Além de mim, participaram também as lindas Camila Câmara, Luiza Brasil, Marcela Duarte, Lu D’ângelo, Jade Seba e Aline Bibiano, com fotos feitas no Blink Studio, em São Paulo, pelo fotógrafo Fred Othero.

editorial-dreads-revista-glamour-daiene-calmon-3

Como eu tava doida pra mudar um pouco o cabelo e fazer dreads, essa foi a minha transformação, assinada pelo top Alezão Fagundes. Ele desfiou mecha por mecha e usou apenas uma agulha de crochê pra enredar e compactar os fios, finalizando com pomada texturizadora. As trancinhas coloridas foram feitas com fio sintético.

editorial-dreads-revista-glamour-daiene-calmon-4

Na página 78, a Glamour dá dicas de como manter os fios de acordo com cada transformação. No meu caso, por conta dos dreads, recomenda-se lavar os cabelos apenas duas vezes por semana e sem precisar condicionar. O escolhido para salvar o hair foi o Xampu Deep Cleansing, da Viscaya.


Os bastidores da gravação do clipe Melissa Roller Joy

No último sábado, dia 20 de junho, rolou o lançamento oficial do patins da Melissa lá na Galeria Melissa SP, na Rua Oscar Freire. Depois do burburinho e das dezenas de fotos que circularam na web, vocês já devem estar mais do que familiarizadas com esse novo item de desejo das Melisseiras, não é verdade? Pois então, como surgiu tudo isso?

Lá em meados de abril, eu e mais uma trupe linda de meninas cariocas, influenciadoras e melisseiras, fomos convidadas para participar da gravação do clipe que iria dar vida à campanha do Melissa Roller Joy, com a música “Mainline“, da banda Wannabe Jalva. E tudo começou com o presentão aí embaixo, que chegou devidamente nominado para cada uma das participantes. Imaginem a minha reação ao abrir a caixa? Lindo demais!

 Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-blogueiras (2)

Desde então, tivemos que manter o projeto em sigilo absoluto para que a informação não vazasse antes do momento certo. Aproveitei os dias que antecederam a gravação para testar os patins (que são do tipo quad) e ver se a minha habilidade com as rodinhas ainda estavam em dia – até então, só tinha andado de patins do tipo inline na minha adolescência. O teste me rendeu um tombo, é claro, mas foi melhor do que eu esperava. Uma coisa eu posso dizer com propriedade: todo o interior do patins é superconfortável e as rodinhas são bem macias. Uma delícia de andar!

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (1)

Foto: L’officiel Brasil

O clipe foi todo gravado aqui na cidade do Rio de Janeiro e teve apenas duas locações principais: a Praia do Leme – para as cenas externas – e a antiga Fábrica da Bhering – para as cenas internas -, que fica em Santo Cristo, perto do centro da cidade.

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (2)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (3)

Foto: L’officiel Brasil

Chegamos por volta de 2 horas da manhã no ponto de encontro e as horas seguintes foram todas voltadas para a produção: maquiagem, figurino, penteado… O mood do clipe girou em torno das referências sport, minimal, vaporwave e seapunk. Por conta disso, todas as meninas receberam uma boa dose de maxiglitter nos olhos – com a beleza assinada pelo make up artist Dindi Hojah.

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (4)

Já o figurino do clipe, assinado pela figurinista Tathiana Kurita, foi recheado de peças minimalistas, holográficas e com transparência. O que são essas blusinhas e essa joelheira holográfica, gente? #queropramim


Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (5)

Boa parte das sequências foram gravadas com as meninas que eram patinadoras profissionais. Até porque nós, meras mortais, jamais conseguiríamos sair por aí plantando bananeira de patins, né? hahaha. A coreografia do clipe foi elaborada pela patinadora profissional Alessandra Castro Gomes e elas simplesmente arrasaram! <3

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (6)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (7)

No clipe, interpretamos um grupo de meninas que saem pelas ruas da cidade na madrugada para se divertir e disputar – de forma leve e descontraída – um freestyle de patins. São garotas cheias de atitude (girl power!) mas que não deixam de lado a sua essência feminina.

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (8)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (9)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (10)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (11)

Já lá na antiga Fábrica da Bhering, onde foram feitas as cenas internas, no clipe funcionava como uma espécie de ponto de partida destas meninas, onde elas se encontram e se preparam para essas disputas. Foi o momento de soltar a voz, onde rolaram mais cenas cantadas e posadas. Fiz uma delas com um sinalizador de fumaça (que me rendeu um belo de um tombo, porque eu não consegui frear no final! haha) e uma cena cantando com as meninas no alto de uma escada.

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (12)

Patins-Melissa-Roller-Joy-Clipe-Mainline-Bastidores-Lancamento (13)

O resultado desse clipe lindo (que eu já perdi a conta de quantas vezes assisti!) vocês podem conferir dando um play abaixo: