Shot pode auxiliar no reforço do sistema imunológico

Em meio à pandemia do novo Coronavírus, cuidar da saúde é uma prática que ganhou ainda mais relevância. Com isso, a imunidade se tornou prioridade no mundo todo em 2020, trazendo à tona a preocupação com hábitos que geralmente eram deixados de lado por algumas pessoas, como a alimentação e a nutrição. O consumidor mudou seus hábitos: em pesquisa realizada em 2020 pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), verificou-se que 69% dos brasileiros aumentaram o consumo de suplementos e produtos para se manterem saudáveis. Destes, aproximadamente 8% focaram em produtos para melhorar a imunidade.

A busca pelo reforço da imunidade gerou um aumento no consumo de shots funcionais, destaca a nutricionista e consultora da Gaea Elementals, Karla Maciel. “Eles concentram nutrientes e fitoativos presentes em ingredientes com alta densidade nutricional, normalmente consumidos no período da manhã, antes de se iniciar as atividades do dia. E são excelentes estratégias de cuidado cotidiano que devem permanecer na rotina da população”, explica Karla. Tratando-se de suporte imunológico, a natureza é a maior aliada na oferta de ingredientes com alto valor nutritivo. “Diversos estudos atuais mostram o poder de determinados alimentos na imunomodulação. Dentre eles, podemos citar o gengibre, a própolis, as frutas cítricas, os vegetais fontes de carotenoides e as fibras”, destaca Karla.

Mighty Shot Yellow Defense - Gaea Elementals

Leia também: Piracanjuba Whey ganha dois novos sabores

Confira os benefícios de alguns alimentos para a imunidade:

Gengibre

Classificado como um rizoma originário da Ásia, o gengibre sempre foi utilizado na medicina alternativa por conta da rica oferta de compostos bioativos com propriedades funcionais. Na sua composição, podem-se encontrar óleos voláteis e fitoquímicos, com destaque principal para o gingerol. Um estudo conduzido por Mahassni e Bukhari (2019) mostrou dois mecanismos do gengibre para auxiliar a resposta imune: aumento da atividade das células imunológicas, promovendo maior resposta de anticorpos; e inibição de respostas que contribuem para o desenvolvimento de algumas doenças autoimunes.

Própolis

A própolis é uma substância resinosa, produzida a partir da resina de diferentes árvores e plantas, como por exemplo o alecrim-do-campo (Baccharis dracunculifolia), espécie vegetal nativo do Cerrado brasileiro. Esse componente se destaca pelo potencial das atividades antimicrobiana e antioxidante. Estudos relatam o papel do uso da própolis na regulação da imunidade. Al-Hariri (2019) conduziu uma revisão que reúne diversos estudos sobre a ação imunológica do extrato de própolis na ativação e proliferação de anticorpos (linfócitos), comprovando seu potencial no tratamento complementar e alternativo no controle de infecções e de outras doenças, dando suporte ao sistema imunológico.


Acerola

Com quase 23 vezes mais vitamina C do que a laranja, a acerola é uma fruta cítrica que merece destaque quando o assunto é a modulação da imunidade, sendo ela é uma das principais fontes dessa vitamina tão conhecida por tal benefício. A vitamina C tem a propriedade de ativar vários aspectos do sistema inato e adaptativo, sobretudo na proliferação e diferenciação de linfócitos, que são os anticorpos que combatem os agentes infecciosos. Assim, ressalta-se seu papel em auxiliar na diminuição dos sintomas e da suscetibilidade do corpo a contrair infecções.

Cenoura

Da classe de carotenoides, compostos nutricionais conhecidos por serem precursores da síntese de vitamina A no corpo, a cenoura é um dos vegetais com maior teor desse nutriente em sua composição. A vitamina A é intimamente associada ao sistema imunológico e à prevenção de doenças infecciosas. Estudos demonstram diferentes formas dessa vitamina contribuir para o sistema imune, entre elas, o aumento das respostas celulares frente a agentes agressores, com maior diferenciação e proliferação dos anticorpos.

Chicória

É potencialmente conhecida pela presença de fibras. O consumo da inulina obtida através da chicória ajuda a melhorar o sistema gastrointestinal, um benefício essencial na regulação imunológica. A inulina é uma fibra do tipo prebiótica que atua na proliferação de bactérias saudáveis no intestino, responsáveis por melhorar a resposta do sistema imune intestinal, regulando assim a barreira essencial para a defesa do corpo.

De forma inovadora e com objetivo de evoluir os shots funcionais, a Gaea Elementals uniu todos esses ingredientes (acerola, gengibre, inulina, cenoura e própolis) em um shot em cápsula prático para o dia a dia, visando potencializar os mecanismos do sistema imunológico.

Gaea Elementals

Funcionalidade, inovação e sustentabilidade. Estes são os três valores fundamentais da marca, que desenvolveu produtos pensados para dar mais agilidade e qualidade à rotina de quem enfrenta os desafios da vida moderna. Isso através de ingredientes naturais e receitas exclusivas, disponíveis em cápsulas inovadoras e práticas que utilizam menos matéria-prima, gerando menos resíduos. Toda embalagem da Gaea Elementals carrega o selo Eu Reciclo 200%. Com essa parceria, os materiais utilizados nos produtos são retirados do meio ambiente em quantidade dobrada por cooperativas de reciclagem, gerando impacto ambiental negativo.

Mais informações: www.gaeaelementals.com.brwww.instagram.com/gaeaelementals

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*