Scarpin: o clássico que garante estilo e conforto para todas as mulheres

No universo feminino, o sapato alto é sinônimo da máxima feminilidade e charme, mas nem sempre ele vem acompanhado de boas sensações. Muitas vezes, um salto pode ser causador de dores e incômodos diversos. Muita calma nesta hora que isso nem sempre é uma regra. Pode parecer um sonho, mas é perfeitamente possível calçar um scarpin confortável e conseguir aproveitar a festa ou outro compromisso com prazer e bem-estar. Com alguns truques simples, você vai poder percorrer a plataforma da Shafa e escolher os modelos de scarpin que você mais ama sem medo de ser feliz.

Dicas essenciais para sentir o máximo de conforto de seu scarpin

A cena parece que se repete: o look é escolhido a dedo durante dias e o sapato scarpin é comprado especialmente para aquela ocasião. Tudo certo como dois e dois são quatro, até determinada hora. Infelizmente, mesmo feliz com o visual, depois de algumas horas o calçado pode ser desconfortável. Confira algumas dicas para evitar ou remediar essa situação:

  • Evite usar calçado novo para uma ocasião especial: toda mulher adora estrear seu scarpin novinho em folha quando tem algum compromisso especial, mas isso pode ser uma “furada” em termos de dores nos pés e desconfortos de todos os tipos. Isso porque o calçado quando usado pela primeira vez ainda não laceou o suficiente e não se ajustou ao contorno do seu pé. Isso pode levar um tempo e algumas vezes de uso.
  • Use e abuse de palmilhas ortopédicas e acolchoadas: por melhor que seja o seu scarpin, depois de um tempo ele pode sim gerar algum tipo de desconforto, principalmente se tiver um salto considerável. Isso porque depois de um período, o peso em determinados pontos dos pés podem começar a dar sinal de dores. Para isso, utilize palmilhas que são perfeitas tanto para ajudar a amortecer o impacto quanto para ajudar a distribuir melhor o peso dos pés.

  • Não se esqueça do revezamento: os scarpins de salto são tudo de bom, mas será que você precisa usá-los todos os dias? O revezamento de modelos e formatos é essencial para poder dar um descanso aos seus pés. Intercalar um bico fino com redondo e alguns de salto baixo ou sem salto com outros mais altos podem ser uma ótima pedida.

  • Escolha o salto mais adequado a você: cada um tem seu limite para o tamanho do salto. Tem mulher que não usa salto de jeito nenhum. Outras já não descem de um salto nem para ir à padaria. Nestas horas, vale o bom senso. Muitos especialistas dizem que um salto não precisa e nem deve ter mais de 10 cm e menos que isso os pés ganham em conforto.
  • Ande com algodão sempre à mão: se no meio do caminho ou da festa seu scarpin der alguma surpresa como apertar em algum lugar do pé ou entre os dedinhos ou ficar escorregando, uma bolinha de algodão no lugar certo pode fazer toda a diferença.
  • Esqueça a ilusão de lacear o scarpin: se de repente o calçado ficar bem justo no pé, vale mais escolher um tamanho maior e compensar com uma palmilha de silicone. Isso evita que seu scarpin do tamanho justo fique inutilizável caso seus pés apresentem um pouco de inchaço.
  • Nada de scarpin totalmente plano: os especialistas recomendam que se tenha pelo menos um salto pequeno para dar suporte ao calcanhar e aliviar a pressão no tendão. Essa é uma escolha melhor do que um calçado totalmente plano.

Esses macetes são simples, mas podem fazer toda a diferença, certo? Agora que você já recebeu essas dicas tão simples e ao mesmo tempo tão importantes, corre lá na Shafa e escolhe o seu scarpin para arrasar!

Você também poderá gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*